Modelo para se inspirar: Coco Rocha

Coco Rocha é uma modelo canadense de 28 anos. Com muita experiência e bagagem, Coco tem uma carreira estabilizada e se destaca no mundo da moda por mais de uma década. A modelo começou a carreira com 15 anos e aos 18 foi capa da Vogue Itália, a partir daí seu trabalho passou a ser reconhecido mundialmente.

História da descoberta

Coco era dançarina e, durante uma competição de dança em Vancouver, um homem a abordou e perguntou se ela não tinha vontade de ser modelo. No momento ela e suas amigas riram achando que ele estivesse brincando, mas é claro, não estava.

504534635_1280x720

Início da carreira

No início de sua carreira, Coco conta que não sabia nada sobre moda e que seu agente disse para ela queimar todas as suas roupas quando ela entrou pela primeira vez na agência. Ela não tinha noções de estilo e teve que começar do zero! Isso é super normal no início da carreira de uma modelo, o importante é você ir adquirindo seu estilo com o tempo, veja algumas dicas em Modelos nas ruas: Como ser identificada como modelo?.

 

As poses de Coco

Coco Rocha é muito conhecida pelo seu jeito diferente de modelar. Ela sente que deve dar ao fotógrafo o máximo de opções possíveis e não se importa se ficar parecendo uma louca ou estranha, ela não liga para “estar bonita na foto”. A técnica da modelo é se sentir confortável em frente as câmeras, tentando se transformar em uma personagem e fazer uma pequena performance.

Aqui no blog já dei algumas referências de poses bem legais para vocês treinarem, se ainda não viu, corre lá!

 

Construindo uma identidade

Seu jeito único de modelar, sua confiança e seu carisma conferiram à Coco uma identidade, quase como se ela fosse uma “marca” por si só. Quando abordada sobre como alcançar isso, a modelo revela que é preciso descobrir o tipo de garota que você é… Esportista? Engraçada? Estilosa? E então, a partir disso, você começa a construir sua identidade, a sua “marca”.

 

Visuais sempre diferentes

Ruiva, morena, loira, longo, curto, Coco já assumiu diferentes visuais e conta que gosta de representar diversos personagens, este é o tipo de modelo que ela é – versátil e que não tem medo de mudar seu estilo. Para a modelo, o seu visual predileto é sempre o novo visual.

 

Conselho de supermodel

Sabemos que a linguagem corporal e a confiança são tópicos essenciais na carreira de modelo. No entanto, ser confiante e saber lidar com seu corpo não é algo tão fácil. Coco explica que as modelos, por serem muito altas, geralmente adotam uma postura curvada, talvez por não se sentirem confortáveis com seu corpo. Por isso, a dica da supermodel é sempre colocar seus ombros para trás, mesmo que você não esteja confiante, vai aparentar que está e é isso que importa.

Parece que a Coco nasceu pra ser modelo né? Haha, mas tenho certeza que isso é fruto de muito estudo e dedicação. Um ótimo exemplo para se inspirar!

Se você se interessou e quer ver mais sobre a Coco, veja os vídeos dela modelando no YouTube, vou deixar alguns links abaixo para vocês conferirem:

 

É isso gente! Gostaram do post? Já conheciam a Coco Rocha? Deixe seu comentário!

Besitos, Ceci ❤

Ps: As informações contidas nesse post foram retiradas das seguintes fontes:
Canadian Business
Rappler
Bazaar Arabia

Modelos nas ruas: Como ser identificada como modelo?

Recentemente fui pra São Paulo fazer um job e acabei ficando lá por mais ou menos uma semana. Nesse período, sai bastante e me deparei com muitas modelos nas ruas. Mas como eu sabia que eram modelos? E como muitas pessoas também devem ter achado o mesmo? O post de hoje é justamente sobre isso: como ser identificada como modelo?

riley2bmontana2bstreet2bstyle2b1

A importância da identificação

Principalmente quando se trata dos grandes centros, existem muitas pessoas influentes no mundo da moda circulando pelas ruas. Ou seja, é super possível que você esbarre com um editor de revista, um booker, um scouter, um fotógrafo ou até mesmo o dono de alguma marca de roupas. Por isso, é legal que você esteja apresentável nessas horas, vai que você descola algum job ou algum ensaio né? Afinal, lembre-se que você trabalha com a sua imagem!

Sendo identificado como modelo

Primeiramente, os modelos costumam ser altos e magros né, daí isso já contribui bastante pra identificação, portanto é importante se manter nas medidas. Além disso, o cuidado com o que você veste também importa, claro que não precisa ficar 24 horas do seu dia em cima de um salto ou se produzir toda pra ir na padaria, longe disso! Mas é legal que você aposte em um jeans mais detonado e uma camiseta preta, um vestidinho preto básico, ou uma jaqueta de couro. Na verdade, o negócio é criar seu próprio estilo e sentir-se confortável com ele, opte por roupas que te alongam e que te deixem mais elegante. Ainda tá difícil de imaginar? Te dou exemplos!

 

Não sei o que usar! E agora?

Se você não faz ideia do que usar, do que te alonga ou do que fica bom em você, de início aposte do preto e no básico. Um jeans escuro com uma blusa preta e uma botinha, uma calça skinny preta e uma camiseta preta, enfim, composições de looks mais simples. No entanto, procure buscar referências na internet ou em revistas de moda e vá criando seu próprio estilo com o tempo. Além disso, permita-se arriscar também! Coloque um colete em um dia, um cardigan no outro, um óculos escuro e vá descobrindo o que combina ou não com você. Não seja apenas uma modelo, seja você também, não perca sua identidade!

Creio que seja isso quiridos!  Bora modelar até mesmo nas ruas?

Besitos,

Cecília Venâncio.

IMG_6539

 

 

 

 

Ciça, customiza? #queen

Ei, jóia?

Sabe quando você vê uma camisa branca básica no guarda-roupa do seu primo, irmão, ou namorado? Sim, aquela camisa masculina que talvez caiba duas de você dentro, essa mesmo! Não dá nada por ela né? Mas acontece que com uns cortes aqui, umas ideias pra lá, dá pra transformá-la em um cropped suupeer estiloso!

Duvida? Então olha só:

img_6170img_6171img_6173img_6175img_6177

Basicamente, pra criar esse modelo eu fiz um corte cavado lateral, retirando as mangas, fiz um corte no comprimento (porém só na parte da frente) e nas costas eu cortei o tecido em tiras para dar esse acabamento de recortes. Além disso, com caneta de tecido escrevi a palavra “queen” na frente da blusa.

Viu como é fácil reinventar?

Espero que tenham gostado, deixem seus comentários!

Ah, e feliz Dia da Mulher! Somos todas rainhaas 😉

Bjbj, Ceci.

 

Dicionário da moda: 15 termos que todo(a) modelo deve saber!

No dia a dia de uma agência existem diversas palavras, expressões e conceitos que são comumente usados. Algumas palavras vêm da língua inglesa e é comum você se perder um pouco nessa “linguagem de modelo”. Pensando nisso, listei abaixo alguns termos habituais que toda modelo deve saber e seus respectivos significados, vem ler!

APONTAMENTO: É o compromisso ou visita a algum cliente que seu booker agendou para você.

BOOK : É o seu material, uma pasta que contém suas melhores fotos e trabalhos publicados. Também é comum ter o book em formato digital, por exemplo em tablets.

img_7148

BOOKER: É o profissional responsável por agendar seus compromissos e trabalhos, é quem te acompanha e te aconselha.

CACHÊ: Pagamento pelo seu trabalho, lembrando que sempre é descontado uma porcentagem para a agência e impostos.

CAMPANHA: Consiste em um conjunto de peças publicitárias criadas, produzidas e veiculadas por uma empresa, marca ou serviço. As peças podem ser anúncios, outdoor, revista, etc.

kendallck

CASTING: Seleção de modelos para um trabalho.

CLIENTE: Pessoa, empresa ou instituição que contrata os serviços de uma agência de modelos.

COMPOSITE: É o seu cartão de visitas, ele é impresso em cores, com algumas fotos do seu book e suas medidas. O composite é distribuido para os profissionais da área e possíveis clientes.

img_7155

EDITORIAL DE MODA: É a produção de fotos para publicação em revistas de moda.

561396095af85cc6e84f5ae71d3de9c5

JOB: Referência ao seu trabalho. É muito utilizada a expressão “job do dia”.

MAKING OF: Bastidores de uma filmagem ou sessão de fotos.

NEW FACE: É como é chamada uma modelo ainda não conhecida, em início de carreira. (meu caso, por exemplo)

newfaces2017

OPEN CALL: Hora definida para que os aspirantes a modelo possam visitar uma agência e esta possa conhecer os interessados.

SCOUTER: “Olheiro”. É uma pessoa ligada a agência, que frequenta locais com público jovem, em busca de novos talentos.

TOP MODEL: Modelo muito reconhecida, que está no topo da carreira e faz trabalhos prestigiados.

lais-ribeiro-vogue-fevereiro-02

É isso gente, espero que tenha dado pra entender um pouco mais sobre essa linguagem de modelo e de moda. Pra quem quer se aventurar na carreira, não deixe de estudar vocabulário também viu?!

Ainda tem alguma dúvida? Algum outro termo que você já tenha ouvido e não sabe o que significa? Deixe um comentário!

Besitos,

Ceci ❤

Referências: Poses!

Parte essencial da carreira de modelo é saber fotografar, saber poses, ângulos e como se portar em frente a uma câmera. Pensando nisso, no post de hoje eu trouxe algumas referências de poses pra você treinar na frente do espelho e arrasar ! Hahaha… Dá só uma olhada:

 

Acima seguem algumas fotos retiradas do instagram, vale a pena conferir cada um deles e dar um follow! Assim você sempre pode ter mais referências no seu feed.

É isso gente, apenas uma inspiração mesmo, analise bem as fotos e tente reproduzi-las! Depois me conte se conseguiu haha

Besitos,

Cecília Venâncio.

Ciça, customiza? #himym

Ei, jóia?

Eu sempre quis ter uma blusa com aquela frase típica do seriado How I Met Your Mother (se você nunca viu, corre no netflix!), “This is gonna be legen, wait for it… Dary!”, tão falada pelo Barney.

E então eu pesquisei na internet e tava tudo muito caro, considerando uma camisa básica com um escrito na frente. Daí pensei, por que não fazer uma? Ela vai ser super original e não vai me custar vários reais haha. Bora ver o resultado?

13650534_1168130973208861_931991619_n13652505_1168126469875978_873161951_n13652318_1168126496542642_175001245_n13672103_1168126483209310_74779963_n

Pra fazer esse modelo eu catei aquela camiseta masculina velha de sempre, cortei as mangas de maneira cavada, cortei um pouco mais na parte inferior da frente e amarrei as pontas em um nó. Depois peguei caneta de tecido e escrevi a frase que eu queria 😉

E foi só isso gente, super fácil!!

O que acharam?

Bjbj, Ceci.

 

 

 

Como funciona um casting?

O que significa “casting”?

Bom, castings são testes, são processos de seleção das modelos para determinado trabalho. Eles podem ser presenciais ou não, tudo depende do tipo de cliente e trabalho. É um processo que envolve booker, modelo e cliente.


casting2b1

Como funciona o casting não presencial?

Os castings não presenciais são aqueles que o cliente aprova o (a) modelo apenas pela análise de suas fotos, ou seja, do seu material. Assim, a empresa entra em contato com a agência de modelos e explica o tipo de perfil que está procurando, o que se relaciona à cor de cabelo, manequim, altura, cor dos olhos, etc. Então, as fotos escolhidas pela agência são enviadas e os modelos selecionados pelo cliente são contactados. E thã-nã! Você já pode ficar feliz e contente pois conseguiu o job!!

Como funciona o casting presencial?

Quando o cliente precisa conhecer o (a) modelo pessoalmente, geralmente o trabalho pode ser um desfile, um comercial de TV ou alguma campanha que precise de prova de roupas. Dessa forma, após a aprovação de material, é marcado um horário e um local onde acontecerá o casting. Daí, dependendo do trabalho, o cliente pode solicitar um teste de passarela, de vídeo ou de foto, além de analisar melhor o perfil do modelo. Nessa situação, é imprescindível que você tenha confiança e saiba mais sobre o cliente e sobre o job que ele está propondo. Então você pode arrasar e torcer pra ser selecionada (o)! Confiança é tudoooo.

casting5

Quantos castings eu tenho que fazer?

Não existe um número de castings definido, isso acaba variando muito de agência pra agência e da cidade em que você se encontra. Mas, no caso dos presenciais, tente comparecer ao máximo que você conseguir, quanto mais você tenta, mais chances têm de dar certo, não é mesmo?

Só a título de comparação, em Belo Horizonte, na agência que eu estou, geralmente tenho de 1 a 2 castings presenciais por semana (número otimista), mas em São Paulo as meninas devem fazer cerca de 10 ou 20, já que lá o mercado é bem mais amplo.

Por que não fui escolhido (a)?

Gente, isso é super normal! Você faz 10 castings e recebe 10 “nãos”, claro que pode acontecer. Mas não se desespere e nem se coloque pra baixo, continue tentando que uma hora pode dar certo! A aprovação de um modelo depende muito do perfil que o cliente procura ou do tipo de trabalho em questão. Outra coisa que influencia muito é o nervosismo e o carisma dos modelos (no caso dos castings presenciais). Então, tente ficar mais tranquilo (a) e não desista tão fácil, também não coloque a culpa em você, se ame acima de tudo!

casting

Enfim, acho que é isso…
Sobrou alguma dúvida? Se sim, deixe um comentário!

Besitos,

Cecília Venâncio.